segunda-feira, 5 de setembro de 2011

BRASIL - PRIMEIROS TEMPOS

               De 1500 a 1530, período em  geral chamado de pré-colonial, o governo portugues não esboçou nenhum plano de ocupação das terras americanas. Limitava-se a enviar esporadicamente algunhas expedições ao litoral, ou para conhecer o terítório ou para retirar dele o precioso pau-brasil.
               O pau-brasil era um produto de grande importância econômica usado na produção de um corante destinado ás manufaturas têxteis. Existia em grande quantidade na mata Atlântica, que á epoca recobria quase todo litoral brasileiro.
               A coroa detinha o monopólio da extração do pau-brasil, mas podia contratar terceiros para esse empreendimento. Em 1502, Portugal fechou um acordo para a exploração da madeira com um grupo de comerciantes liderado por Fernão de Noronha.
              Sem uma ocupação mais efetiva, as novas terras ficaram á mercê da ação de traficantes e negociantes de outros países, principalmente franceses. Para combater os ïntrusos¨sobretudo entre 1516 e 1526, Portugal enviou algunhas expedições denominadas guarda-costa.
               No comércio do pau-brasil, tanto franceses quanto portugueses contaram com a ajuda de alguns povos indíginas. Os nativos cortavam a madeira no inteior do território e transportava as toras até o litoral. Lá chegando, elas eram recolhidas nas feitorias, de onde seguiam para os navios.. Os europeus recompensavam o trabalho oferecendo aos nativos objetos de pouco valor econômico, mas muito apreciados por eles, como contas de vidros, espelhos e facas. A essa troca deu-se o nome de escambo.

Um comentário:

  1. O pau Brasil, foi o início do fim das nossas florestas.

    ResponderExcluir