domingo, 11 de dezembro de 2011

AS CORPORAÇÕES DE OFÍCIO E AS GUILDAS

    Nas cidades, a produção artesanal e o comércio tornaram-se tão intensos que aqueles que se dedicavam a essas ocupações passaram a se organizar em associações com o intuito de regular suas atividades.
    As chamadas corporação de ofício dos artesãos controlavam a produção e impediam a concorrência desleal, fixaram preços, salários e padrões de qualidade. Dentre todas essas funções, destacava-se a de reservar o mercado da cidade aos seus membros, além, é claro, de torná-los mais fortes para negociar com os senhores feudais.
    Da mesma forma que as corporações dos artesãos, formaram-se associações de comerciantes ou guildas, como medida para regular o mercado no interior dos burgos. Grarantir a proteção contra os comerciantes de regiões distantes era uma das principais funções das guildas.
    Essas associações de artesãos e comerciantes negociavam também os impostos com os senhores feudais. Quando a organização interna das cidades adquiria completa autonomia em relação aos feudos, elas passavam a cuidar da administração das cidades livres.

3 comentários:

  1. adorei me ajudou muito com meu trabalho

    ResponderExcluir
  2. Vlw, mano bro! Tu me ajudastes como umja lula no chaum =3

    ResponderExcluir