quarta-feira, 7 de novembro de 2012

ESCRAVO E STATUS SOCIAL

   O referencial da sociedade açucareira era o negro, era ele a moeda para a obtenção de terras e poder. O número de escravo definia o status de um branco. Sem escravos, um que fosse, nenhum colono poderia ser considerado realmente um homem livre. E mesmo as famílias mais pobres tinham seu escravo, que muitas vezes ganhava o sustento de todos.
   Saía-se à rua carregando em liteiras por escravos. Para montar, para vestir, para comer, para banhar-se, para tudo era mister escravos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário